Geral

FECAM-RS é contrária à mudança na tarifa dos pedágios estaduais

By 27 de fevereiro de 2020 3.837 Comments

A Federação dos Caminhoneiros Autônomos do Rio Grande do Sul – FECAM-RS se posiciona contrária à proposta do Governo do Estado do RS de alteração na tarifa dos pedágios estaduais, que ficará mais cara para caminhões.  Em reunião na manhã desta quinta-feira, 27/02, em Porto Alegre, com representantes de Secretarias do Governo do Estado e Procuradoria Geral do Estado (PGE), ficou definido que a mudança entra em vigor a partir de abril, em dia a ser divulgado.

Conforme André Costa, Presidente da FECAM-RS, a entidade não foi consultada ou chamada para discutir o assunto. “Além disso, não há qualquer apresentação ou justificativa clara para o público sobre os índices de aumento, a não ser a cópia do sistema de cálculo dos pedágios federais. Isso não é justificativa, pois cada rodovia tem um fluxo diferente, um custo diferente, uma situação técnica e geográfica diferente”, defende.

Para a FECAM-RS, apenas um setor – o dos caminhoneiros – está sendo penalizado quando se olha apenas o caixa. “O caminhoneiro autônomo, quando vazio, paga o pedágio do seu bolso, e esse custo está se tornando alto, competindo com o preço do óleo diesel. Por esse e muitos outros motivos, somos legítimos a discutir o assunto”, argumenta.

André ainda cita outras pautas da categoria que sofrem com a dificuldade de gestão do Estado, como a falta de empenho no auxílio à fiscalização no transporte, vale-pedágio, excesso de peso, segurança, entre outros. “Os governos passam, mas a categoria permanece, transportando o alimento na mesa de cada um. Isso tem que ser respeitado”, afirma.

Fonte: Reverso Comunicação Integrada

3.837 Comments